quarta-feira, 23 de abril de 2008

Crianças Índigo e Crianças Cristal

Recebi esse texto hoje, de uma amiga que está fazendo uma pesquisa sobre Crianças Índigo. Seguem alguns trechos:

"(...) Ainda para os espiritualistas, estas Crianças Índigo são espíritos evoluídos que estão chegando para ajudar na transformação social, educacional, familiar e espiritual de todo o planeta, independentemente de fronteiras e de classes sociais. Elas possuem uma estrutura cerebral diferente, tendo o hemisfério esquerdo menos desenvolvido, e o direito mais desenvolvido. Isso quer dizer que elas são mais intuitivas, vão além do plano intelectual, além do racional.

(...)

Notou-se que as Crianças Índigo apresentam uma inteligência excepcional e muita energia para brincar, o que pode ser extenuante para os adultos. Não aceitam ordens, principalmente as do tipo: “faça isso porque estou mandando ou porque eu quero”. Elas sempre procuram debater e negociar cada instrução, cada ordem. E só a seguirão se encontrarem uma razão para isso. Não é correto impor nada e sim dar escolhas para a criança e conversar sobre qual será a melhor. A família que tem uma criança dessas, deve se reestruturar para tentar educá-la não seguindo os moldes tradicionais, pois estes não trarão efeito algum sobre elas. Requer emocionalmente estabilidade e segurança de adultos em volta dela.

Entendem que todos os seres humanos são iguais e por isso não entendem figuras de autoridade. Entendendo profundamente que somos todos iguais quando se deparam com comportamentos ditatoriais, sejam eles de pais, professores, de quem for, apresentam nestes momentos uma ira incomum.

São muito ricas em sentimentos, amam os animais e respeitam qualquer forma de vida, por isso muitas já se tornam vegetarianas desde cedo. São muito sensíveis a toxinas, rejeitando certos alimentos.

(...)

Para reconhecer uma Criança Cristal: elas têm olhos penetrantes e fitam as pessoas nos olhos por longos períodos. Fazem isso desde bebês. Eles reconhecem as pessoas olhando dessa maneira e se o adulto fizer o mesmo e encará-lo, olhando profundamente para os seus olhos ele esboçará um sorriso, pois o contato e o reconhecimento foram feitos. É assim que eles se comunicam. São calmos, serenos e muito apegados à mãe. Procuram sempre ajudar e são muito sensíveis ao sofrimento alheio. São sensíveis também ao ambiente em que estão, podendo não se sentir bem em certos lugares onde a energia não lhes é benéfica. Freqüentemente os assuntos não resolvidos da família são sentidos pela criança, que será afetada negativamente por essas emoções. Não suportam o sofrimento de animais e geralmente são vegetarianas, como as Índigo. (...)"


Leia o texto na íntegra:
Fonte: http://www.jperegrino.com.br/Psicologia/criancas_indigo.htm

Um comentário:

leuda disse...

Se as crianças imitam os mais velhos,gostaria de saber onde já viram uma criança especial, como as que estão descrevendo.As maes destas crianças certamente teria que ser especiais,intuitivas, para que as especies se atraissem. Lamentávelmente o que vemos hoje em dia, são futuras mamaes debochadamente seminuas, o que poderão atrair de bom estas maes? crianças agressivas, violentas,que dançam eroticamente imitando o que veem, é o que está prediominando no planeta,será que ainda merecemos misericórdia dos céus? DEPOIS DE TANTA DESTRUIÇÃO A MÃE TERRA?
Gostaria muito de saber onde estão estas especiais crianças!
Leuda